A Doença é uma Distorção da Polaridade

Quando um tecido corporal qualquer se polariza positivo (acidez), pelo excesso de ions de hidrogénio, existirá outro que se terá polarizado negativo (alcalino) e é esta alteração da polarização que, na perspectiva do biomagnetismo médico, produz a doença.

Esta permanência do tecido numa condição de pH alterado vai permitir o desenvolvimento de vírus, ali onde o pH é mais ácido e de bactérias, onde ele é mais alcalino. Assim bastará alterar a polaridade de ambos os tecidos afetados para eliminar a doença. È o que faz o Biomagnetismo.
A duração de uma sessão é de cerca de 60 minutos.
O número de sessões necessárias dependerá de cada paciente e de cada patologia.
O Biomagnetismo em geral poucas sessões elimina a causa de doença uma forma natural, sem químicos.

O Biomagnetismo atua sobre o sistema imunológico, a aceleração da regeneração ósseo em fracturas, uma ação sobre o metabolismo, regulando o funcionamento de glândulas, a agilização dos glóbulos vermelhos, melhorando a qualidade físico-química do sangue, a oxigenação e a alimentação das células, tecidos e órgão
Alguns pesquisadores apontam que ela reorienta as partículas compostas de ferro no sangue, tornando-as mais dinâmicas e mais capazes de captar, transportar e transferir o oxigénio, provocando uma melhor oxigenação para todas as células.

Comments are closed.